José Damásio Ribeiro - Biografia

José Damásio Ribeiro nasceu na povoação de Bens - Santana de Cambas, pelas 21 horas do dia 25 de Outubro de 1929 a uma sexta-feira.
Os seus progenitores foram: José Domingues Ribeiro, natural de Mesquita - Espírito Santo, de profissão sapateiro, passando a agricultor depois da morte do seu sogro, e Ana dos Santos Palma, natural dos Bens - Santana de Cambas, doméstica.

José Domingues Ribeiro Ana dos Santos Palma

Neto paterno de Domingos Ribeiro e de Catarina Silvéria. Neto materno de José Damásio dos Santos e de Jerónima Maria Palma.
Filho mais velho do referido casal, tendo nascido a seguir os seus irmãos; Maria José, Deolinda, Ivone, Lourenço e Jerónima.
Quando tinha por volta de 12 meses de idade, altura em que nasceu a sua irmã Maria, foi viver, em comunhão de mesa e habitação e sob sua autonomia, com os seus avôs maternos, e ainda com os seus tios Lourenço e Balbina para a povoação de Mina de São Domingos.
Até aos 13 anos de idade a sua vida foi normal, igual ou parecida aos outros miúdos da sua idade, tendo em conta a época, o meio, as possibilidades financeiras e os seus padrões de educação e instrução que os seus avós lhe podiam oferecer.
Aos 3 anos de idade deve ter começado a frequentar “a escola particular” da menina Augusta Eleutério, que ficava de fronte da casa dos seus avôs, até entrar para a “escola oficial” (ensino primário) por volta dos sete anos, sendo seu primeiro professor o Sr. Serrano. Na escola particular estudava-se ainda pelo sistema João de Deus a cartilha maternal.
Nos tempos livres da escola fazia os recados diários para a casa, e depois brincava com a malta da sua idade.
Nesse período da sua vida aconteceram dois factos à escala mundial, que marcaram toda a sua geração, foram eles: A guerra civil de Espanha (1936 a 1939) e depois a segunda guerra mundial até 1945.
A partir dos 13 anos, já com a instrução primária completa, e já com os seus pais integrados na exploração agrícola do seu avô José Damásio, foi trabalhar na mesma exploração, começando por aprender a executar todos os trabalhos inerentes à agricultura, sob o mando do seu avô.
Dois anos foi o tempo suficiente para se integrar nos trabalhos campesinos, tendo a partir dá ficado como “suplente” para executar qualquer tarefa que fosse necessária para o funcionamento da exploração.
Entretanto nunca deixou de frequentar a Mina, sempre que se proporcionasse encontrava-se com os seus amigos em bailes, cinemas, festas, futebol, etc.
Aconteceu quando tinha 17 anos a morte prematura do seu avô José Damásio, em 1 de Março de 1948. Acontecimento inesperado porquanto a pessoa era relativamente novo (69 anos).
Com a morte do seu avô, começou logo a equacionar a possibilidade de arranjar emprego estável em qualquer ramo de comércio ou indústria, uma vez que o seu pai estava com idade e em condições físicas e psíquicas para dirigir a casa sem a sua ajuda.
Deu-se o caso de umas semanas depois da morte do seu ascendente, ser aberto concurso para preenchimento de duas vagas existentes no quadro de pessoal da Caixa de Previdência do Pessoal da firma Mason and Barry.
Concorreu ao referido concurso juntamente com mais 23 pessoas, todas suas conhecidas. No fim, sem esperanças antecipadas, foi classificado em primeiro lugar e admitido ao serviço em 15 de Maio de 1948.
A sua vida começou a ser vivida quase toda na Mina até ao seu casamento com a Claudina Rodrigues Madeira Gomes em 8-12-1954. A sua filha Ana Paula nasceu em 8-11-1955.

 

Percurso Profissional

 

Em Abril de 1948 fez exame para entrada na Caixa de Previdência do Pessoal da Firma Mason and Barry, Limited e ínicio do emprego no dia 15-5-1948, depois de ter ficado em primeiro lugar no concurso.
Em Outubro de 1956 concurso para aspirante de 1ª. Classe, tendo obtido a classificação de SUFICIENTE. Promoção em 1-2-1957 na Caixa de Previdência do Pessoal das Industrias de Carpintaria, Marcenaria e Serração de Madeiras, em Lisboa.
Em 24 de Janeiro de 1961 concurso para 3º. Escriturário tendo obtido a classificação de SUFICIENTE. Promoção em 18-4-1961 na Caixa de Previdência do Distrito de Santarém.
Em 18 de Maio de 1964 concurso para 2º. Escriturário, tendo obtido a classificação de MUITO BOM. Promoção em 16-9-1964 na Caixa de Previdência do Distrito de Beja.
Em 28 de Julho de 1966 concurso para 1º. Escriturário, tendo obtido a classificação de SUFICIENTE. Promoção em 19-1-1967 na Caixa de Previdência do Distrito de Évora.
Em 23 de Junho de 1972 concurso para subinspector, tendo obtido a classificação de SUFICIENTE. Promoção em 18-12-1972 na Caixa de Previdência do Distrito de Évora.
Em 4 de Julho de 1977 reclassificado na categoria de técnico superior de 2ª. Classe.
Reformado em 16 de Abril de 1990 na categoria de técnico superior de 1ª. Classe interino.

 

Períodos de Trabalho e Chefias de Secções

 

Caixa de Beja: 1-10-1963 a 30-6-1966
Caixa de Évora:
4ª. Secção de 1-3-1967 a 31-12-1969
5ª. Secção de 1-1-1970 a 30-4-1970
2ª. Secção de 1-5-1970 a 31-1-1971
9º. Secção de 1-2-1971 a 31-7-1972 (apoio às Casas do Povo)

 

Tempo de Serviço nas Diversas Instituições

 

Caixa da Mason and Barry de 15-5-1948 a 31-1-1957
Caixa das Madeiras de 1-2-1957 a 15-6-1957
Caixa de Santarém de 16-6-1957 a 30-12-1961
Caixa de Beja de 1-1-1962 a 30-9-1966
Caixa de Setúbal de 1-10-1966 a 28-2-1967
Caixa de Évora de 1-3-1967 a 16-4-1990

 

Nos últimos anos que trabalhou na Caixa de Évora, fez parte da secção (SERVIÇO SOCIAL) que apoiava as Instituições Particulares de Solidariedade Social, IPSS.
Prestou serviço na Segurança Social : 41 anos e 11 meses (entrada aos 17 anos e saída aos 59 anos de idade).